Apoio 1.jpg
1619319819456.jpg
1619319819393.jpg
1619319819377.jpg
1619319819424.jpg
1619319819440.jpg
1619319819408.jpg
1619319819325.jpg
1619319819345.jpg
1619319819361.jpg

Alegrias.
 
Um dia ainda vou escrever sobre as experiências e aprendizados hauridos desde que o Presidente da República mencionou a ideia de nomear para o STF um ministro que, além dos requisitos constitucionais, também fosse “terrivelmente evangélico”.

A simples discussão do alcance do termo “terrivelmente” já seria um bom tema.

Contudo, há outras discussões interessantes. E, em separado, anotações dignas de nota. E, entre elas, o acréscimo no patrimônio emocional de algumas alegrias.

A carta de apoio que colegas professores e escritores fizeram está nesta lista. Não há como agradecer esse gesto de carinho e confiança, mas mesmo assim: muito obrigado a cada um de vocês que assinaram.

Em um mundo onde tantos ficam em cima do muro ou navegam levados pelas marés, é raro pessoas que falam e assinam. Por isso, além da gratidão, registro o orgulho pela firmeza e atitude de vocês.

O fato de assinarem colegas de direita, de centro e de esquerda também me deixou muito feliz, pois confirma a consecução de um dever (e, logo, objetivo de um bom magistrado e um bom cristão: capacidade de trânsito e diálogo, pressuposto da pacificação).

Enfim, vocês que assinaram a lista me proporcionaram alegrias e faço questão de as mencionar e agradecer aqui.

Valeu!

Participe. Assine o abaixo-assinado: